CONFUSÃO NO CARNAVAL DE SÃO PAULO

25/02/2012 18:36

 

O vídeo logo abaixo demonstra de forma clara e inequívoca qual é o verdadeiro espírito do carnaval. Pessoas de bem e com Deus no coração obviamente não protagonizam cenas dessa natureza e um evento que reivindica para si a alcunha de festa popular e que se diz sinônimo de alegria, não poderia apresentar espetáculos horrendos como esse.

Fatos assim apenas reforçam minha repugnação pelo carnaval, que na minha ótica sintetiza o pior e mais decadente momento que um país possa viver, sendo o Brasil, a nação mais tristemente destacada nesse aspecto em todo o mundo.

Seria interessante ver essas pessoas que choram, gritam, protestam e brigam por notas de desfiles carnavalescos, terem a mesma determinação e consciência, indo para as portas dos parlamentos, do congresso nacional ou das residências de políticos corruptos, para exigirem melhores condições de vida em nosso país, ou pelo menos exercendo de forma cívica e madura o seu direito de participação no processo eleitoral.

São esses péssimos cidadãos que constituem uma maioria esmagadora, que faz diferença nas urnas e inviabiliza o voto dos poucos que são preparados, bem intencionados, honestos e conscientes. São esses desocupados, que lotam arquibancadas de sambódramos, que se misturam sem nenhum medo e pudor a uma turba de marginais ali infiltrados, não só para assistirem uma festa fútil e diabólica, como também para acompanhar uma apuração pífia e irrelevante, que em nada contribui para o progresso da nação, os quais acabam se tornando personagens de uma história vergonhosa, que leva às páginas dos noticiários internacionais uma imagem irreparavelmente pejorativa acerca do Brasil.

Convém ressaltar que episódios como esse não são fatos isolados. No país inteiro são registrados incontáveis ocorrências de pancadarias, violências de toda ordem, consumo de drogas e degradação humana generalizada. Seja nas grandes capitais ou pequenas cidades, essas tais apurações, que elegem uma imbecilidade que pretende ser campeã de um evento que não leva comida à sua panela e nem educação ao seu lar, igualmente ocorrem diversas confusões ocasionadas pelas insatisfações que os resultados geram.

Uma geração de analfabetos reais, funcionais e morais - esse é o grande legado do carnaval brasileiro. São os mesmos que zombam dos cristãos que preferem retirar-se nesse negro período, mas que em vez de apresentarem uma proposta mais sugestiva de vida, relegam suas próprias atividades domésticas e se prestam a dedicar seu tempo na irrelevância e malignidade do carnaval.

Deus tenha misericórdia dessa nação!

Deixe aqui a sua opinião sobre o assunto

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!