Falsa paz: a pior das tragédias

13/09/2013 00:44

 

 

“Amados, não estranheis o fogo ardente que surge no meio de vós,

destinado a provar-vos, como se alguma coisa extraordinária

vos estivesse acontecendo”

(1 Pedro 4:12)

 

À medida que a fidelidade dos cristãos crescia, na mesma proporção aumentava a perseguição. Roma tinha como seu deus César e todo aquele que não se colocava debaixo de seu jugo era torturado, provado, queimado, tornando-se, muitas vezes, espetáculo aos zombadores, que se deliciavam em ver o massacre dos leões aos filhos de Deus.

 

É nesse contexto que o apóstolo Pedro exorta os cristãos da época a não estranharem o fogo ardente destinado a provar cada um. O sangue dos mártires foi a semente que o Senhor usou para o crescimento e fortalecimento da igreja.

 

A tenacidade suprema desses homens demonstrava seu grande amor ao Senhor e como Ele nos fortalece na provação. Assim, quanto mais intenso era o fogo, mais surgiam cristãos genuínos, os quais foram relatados pelo apóstolo João: “Eles o venceram (o Acusador) pelo sangue do cordeiro e pela palavra do testemunho que deram; diante da morte, não amaram a própria vida” (Apocalipse 12.11).

 

Isto nos leva a corar de vergonha, pois, na maioria das vezes, nossas provações são tão menores e mesmo assim muitos crentes reagem com murmuração, incredulidade, esfriamento da fé e do amor ao Senhor. Que Deus possa ter misericórdia de nossa geração,  tão acostumada ao conforto, tão enamorada dos assédios do mundo, que já se vê em processo de desfiguração!

 

Toda provação não é um fim em si mesmo, mas algo que Deus permite ou faz para nos tratar, nos purificar e nos transformar pelo fogo das adversidades.

 

Somos como o ouro que necessita ser triturado, misturado com solvente e ir ao fogo em elevadíssima temperatura. A partir de então o ouro fica líquido e desce por ser mais pesado do que outras substâncias impuras ou menos nobres como cobre, ferro, zinco. Estes, junto com o solvente sobem e são removidos, surgindo assim um metal mais puro, refinado pelo fogo. “O crisol prova a prata, e o forno, o ouro; mas aos corações prova o Senhor”. Provérbios 17:3

 

O fogo da provação faz parte da sapiência de nosso Senhor para nos purificar, assim como o ouro que, uma vez fundido torna-se uma nova liga mais refinada e acrescida da honra de Deus.

 

Entretanto, desejar um evangelho sem cruz, uma verdade sem transformação, um discipulado sem constância é o mesmo que não conhecer o teor da prova e ansiar ser aprovado. Pedro nos ensina que a fé que temos é muito mais valiosa do que o ouro que perece, mesmo que refinado pelo fogo, pois é genuína e resultará em louvor, glória e honra, quando Jesus Cristo for revelado (1 Pedro 1.7).

 

É surpreendente que além de sermos exortados a permanecer fieis nas provações, Pedro acrescenta: “Alegrai-vos na medida em que sois coparticipantes dos sofrimentos de Cristo, para que também, na revelação de sua glória, vos alegreis exultando.  Se, pelo nome de Cristo, sois injuriados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus” (1 Pe 4.13-14).

 

As provações são motivos de alegria porque é um privilégio sofrer desonras por amor a Cristo, todavia esse é um sentimento incomum e intolerável nos corações cujo reino ainda pertence ao próprio ego.

 

Se por um lado a paz e a tolerância favorecem a liberdade para a pregação do evangelho, por outro, se mal administradas, podem produzir uma zona de conforto que esteriliza e mortifica todo ardor de nossa fé - o que contitui uma tragédia para a igreja.

 

Ter uma visão celestial das provações nos fortalece, nos leva à fidelidade, ao fervor da fé e a receber as recompensas indizíveis dos que perseveram até o fim. É por isso que a provação se faz tão útil no contexto de nossa espiritualidade, razão pela qual sua ausência representa uma das maiores tragédias de nossa igreja e razão pela qual dá-se de forma tão crescente o seu estado de letargia e secularização.

 

 

 

Que tal ler outras

REFLEXÕES PASTORAIS?

( Clique AQUI )


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!