NADA É MAIS REAL QUE A ILUSÃO

16/02/2012 12:12

 

Na avidez de todos os toques que visitam meu prazer absoluto
No discurso mais culto que faz a oratória de meu estúpido silêncio
Nas confissões de tudo que penso, no muito do nada que escuto
Na miragem física do vulto, no meu fracasso em que te venço!
 
Na sensação de um mundo despertado em cada cena já sonhada
Na pele tocada e perfumada, que vive em mim por meio da distância
Na minha óbvia insignificância, onde contemplo uma florida estrada
Na sua decorrente caminhada, trilhada por delírios e sagrada ânsia!
 
Naquele toque assistido pela lua cuja noite nunca foi apresentada
Naquela cama abarrotada, em que lençóis não viram nosso amor
No abraço que não me abraçou, na boca que beijei sem a minha ser beijada
Na jura jamais pronunciada e que mesmo assim meu coração a escutou!
 
Mundo de desenhos e paisagens libertos dos grilhões mais realistas
Onde as lágrimas são otimistas e os impossíveis eu consigo
É lá que mora comigo a musa única das derrotas idealistas
Mundo de mentirosas conquistas - eis o mundo que eu vivo!
 
 
Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!