"Porque Deus existe!"

11/10/2013 08:08

 

Não seja a voz do meu agir qualquer excesso

O bem que eu peço seja ofertado a todos que eu ame ou não

Seja meu coração um grito de perdão expresso

Que nunca seja um retrocesso o caminhar que me indica a razão!

 

A minha casa seja um céu e o meu sorriso lhe ilumine

Como vitrine encantadora, assim se dê no meu semblante

A Cristo semelhante, assimilando a adversidade que me ensine

Que a sorte alheia me anime e o caminhar de minha fé jamais se mostre vacilante!

 

Que eu veja o tempo inteiro tudo quanto há além daqui

Acumulando sem adquirir, enriquecendo o que em posse não se traduz

Que eu nunca seja treva e sempre luz, que eu ache vida além do existir

A integridade seja túnica a me vestir e eu saiba me despir do mal que me reduz!

 

Porque nem mesmo a densa noite é prova de que o sol não voltará

O que se faz somente aqui não ficará e o universo é palco sob observação

Existe uma Justa Mão que toda humana ação um dia julgará

E que o pecador perdoará, tão longo este lhe convide a visitar seu coração!

 
 
**************************************************
 
“Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta,
 
entrarei em sua casa e cearei com ele e ele comigo.”  
 
(Apocalipse 3.20)
 
 
 
 

CLIQUE AQUI

Para ler esse Poema no Recanto das Letras


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!