Qual a saída para um casamento, quando um dos cônjuges é saudável sexualmente e o outro não?

23/03/2015 01:04

 

 

Anônimo (nome preservado) – Uma importante cidade de MG

 

 A PAZ DO MESTRE JESUS.

Amado pastor, estou te consultando pelo seguinte fato. Tem mais de 6 anos eu e mina esposa vivemos como irmãos dentro de casa, ela é impossibilitada de intimas relações nesses 6 anos para mais.  Pergunto: o que devo fazer? Desde já agradeço sua cordialidade. Deus te abençoe, tua casa. e a Igreja de Cristo.

 

Resposta

 

Paz e graça meu querido irmão. Vejamos se posso ajudá-lo. Vejo essa questão da seguinte maneira. Não sei qual a razão que impossibilita a vida sexual ativa da esposa, mas pelo contexto, imagino que se trate de problemas relacionados á saúde, então trabalharei com essa premissa. 

 

O casamento é uma aliança ordenada por Deus para homem e mulher que se amam e que desejam constituir uma família juntos (Gênesis 2:2). Essa é uma aliança incondicional, ou seja, os dois são casados e devem se manter casados na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, etc. Creio que precisamos trazer à memória esse princípio tão importante, pois agora que sua esposa está “na doença” sua aliança que fez com ela está sendo abalada, coisa que não aconteceu nos 6 anos anteriores. A ausência do sexo não justifica qualquer abalo ou dúvida no que concerne a esta aliança.

 

Na descrição que Paulo faz do verdadeiro amor, chama a atenção as características desse amor: “O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” (1 Coríntios 13:4-7). É esse tipo de amor que deve ser, mais do que nunca, buscado dentro de um casamento que passa por tribulações. Qualquer pessoa que esteja passando por problemas no casamento deve avaliar se tem demonstrado ao seu cônjuge esse padrão de amor que a Bíblia ensina, e que agrada a Deus, e que é um dos combustíveis mais poderosos para superar as crises.

 

Deus também traz uma palavra de advertência aos maridos, de como devem amar suas esposas e, veja, não existem condições no texto, ou seja, Deus não manda amar a esposa apenas quando tudo vai bem, quando a vida sexual está satisfatória, mas, simplesmente, manda: “Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela” (Efésios 5:25). O amor de Cristo pela Sua igreja é o padrão do amor que o marido deve ter para com a esposa. Aí pergunto: Será que o amor de Cristo seria capaz de abandonar alguém que passa por uma depressão porque está desanimada para fazer sexo? Lembremos que o verdadeiro amor “Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”, exatamente o amor que Cristo demonstrou por cada um de nós. É esse amor que será capaz de te ajudar a superar a crise em seu casamento.

 

Por outro lado, compreendo a sua dificuldade na área sexual, pois, em geral, é uma área que afeta muito os homens. Mas será que existe algo que você poderia fazer? Sim! Comece pela oração. Sim, buscar diante de Deus a cura de sua esposa, que é uma só carne com você e que também deve estar sofrendo por não poder te satisfazer satisfatoriamente nesse momento. Você pode também buscar em Deus a paciência para enfrentar esse momento difícil. Outra coisa: Una-se ainda mais com sua esposa, converse com ela, ore com ela, compartilhe as suas dificuldades e resolvam as dores do casal juntos. Isso trará Deus para o centro do seu casamento. Nesse momento, em sua mente, o sexo está sendo o centro do seu casamento e isso não é bom. Com Deus no centro vocês passarão por esse deserto e sairão dele, pode ter certeza!

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!