Quando devo orar?

29/08/2013 01:11

 

 

"Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições

sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica,

com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento,

guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus."

( Filipenses 4:6-7 )

 

Em vez de não se preocupar com nada - ore sobre tudo!

 

Tudo? Sim, tudo. De pedir a vinda rápida do coletivo a agradecer pelo dia vencido. De pedir que tudo dê certo na reunião de trabalho ao concerto de um chuveiro queimado. Temos que orar sempre e por tudo.

 

Em Filipenses 4:6 Paulo diz " as vossas petições sejam em TUDO conhecidas diante de Deus"

 

A oração é o mais perfeito e singelo diálogo entre o homem e Deus. Por meio dela, fortalecemos nossa fé, recebemos a cura das nossas feridas emocionais e alcançamos a tranquilidade e a paz que nosso coração necessita.

 

 A verdadeira oração não é uma imposição legal de uma religião, muito menos uma exigência divina de adoração ou cerimonialismo.

 

A oração é um veículo divino que aumenta nossa comunhão com o Pai Celestial, nos aproxima do Céu, nos livra das tentações e torna cada vez mais real a presença do Senhor em nosso viver.

 

É bem verdade que é imprescindível à vida de oração a disciplina e o sacrifício, uma vez que a natureza humana não sente desejo de se resignar, não é atraída por sentimentos de humilhação e dependência, elementos que acompanham uma vida de oração.

 

No entanto, devemos entender que orar é um privilégio da graça, é um instrumento poderoso de adoração, comunhão e conquistas espirituais, que deve ser utilizado por todos aqueles que reconhecem sua dependência de Deus.

 

Alguém já disse, com muita propriedade, que a oração é a “respiração da alma”, uma afirmação que nos leva a constatar que um cristão não pode viver sem orar.

 

Assim, queridos irmãos, busquemos constantemente a Deus em oração (a tempo e fora de tempo), e encontraremos em Deus o refúgio para nossos momentos de angústias, a calma em meio às tormentas da vida e, principalmente, o conforto inefável da Sua presença em nosso viver diário.

 

Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus”. (Salmos 51.17)

 

 

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!