TRAGÉDIA NO HOPI HARE

02/03/2012 17:24

A maior tragédia é a desumanidade capitalista

 

É do conhecimento de todo o país, por conta do massivo trabalho da mídia, o triste e trágico fato ocorrido no parque hopi hare em São Paulo, onde uma criança de 14 anos veio a morrer, após desgarrar-se de um brinquedo.

Todos os detalhes ligados ao fato em si têm sido amplamente e muito bem abordados pela competente cobertura jornalística acerca do assunto, mas de nossa parte, gostaríamos de sustentar uma outra dimensão de análise, que é o aspecto desumano com que a visão de mercado é difundida no mundo capitalista.

As primeiras avaliações técnicas que vêm sendo trazidas a público, por exemplo, dão conta de que o brinquedo em questão já havia apresentado falhas. Obviamente, as perícias anteriores, promovidas pela própria empresa, e que são convenientemente sempre favoráveis, dão conta de que os laudos apontavam para a normalidade do mesmo, contudo o simples fato de terem havido ocorrências anteriores, já deveriam legitimar a intervenção do brinquedo, evitando assim tamanha tragédia. Na verdade, mesmo incidentes ligados a outros brinquedos no mesmo parque, também legitimariam medidas restritivas contra a empresa, que por oferecer ao público uma atividade que apresenta risco de vida, deveria ser obrigada e cobrada a tomar todas as garantias para a preservação da integridade física de seus clientes.

Aqui no Brasil, entretanto, medidas intervencionistas por parte dos órgãos competentes são sempre muito raras. O poder econômico do empresariado sempre fala mais alto. Laudos e perícias são de pouca credibilidade e a ganância pela obtenção de lucros, posiciona-se à frente dos riscos que são oferecidos aos usuários.

Isso não é prerrogativa exclusiva do episódio em questão, mas, em diferentes escalas, é um triste fenômeno verificado em incontáveis áreas empresariais brasileiras.

A perda da vida de uma criança é um prejuízo irreparável, que não pode se perder nos vãos da omissão jurídica ou do esquecimento da sociedade, pois os melhores brasileiras não podem ser sacrificados nos altares da fome e sede financeira daqueles que envergonham nosso solo!

Que Deus console essa família e receba com cânticos celestiais esse inocente anjo que agora mora no céu!


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!