QUANDO PENSO EM TE AMAR

04/04/2012 16:16

 

 

Indubitavelmente perco os atributos da mera humanidade

Visito a imensidade que compõe a dimensão dos ardores

Sinto-me o depósito de todos os amores e o céu da voracidade

Assim que tua imagem me invade, a insanidade reina em meus calores!

 

Eu passo a desfrutar sedento das células de tua morenice

Converto tua fina meiguice na personalidade mais indomada

Batizo em tua pele suada minha ânsia de ousada meninice

A fim de que ao céu me ice, para encontrar a lua de prazer mais clareada!

 

Pensar em teu amor é das viagens a única de impossível retorno

Ficar a divagar acerca de teu contorno é certamente um privilégio

Porque teu corpo é o colégio de todo conteúdo que absorvo

Dando a meus dias o adorno a um sonho ávido e agrégio!

 

Te amar é como a brisa que sustenta a asa que desliza

Em ti meu ser se realiza e nem precisa ir além de teu imaginário desfilar

Teu beijo faz o mundo despontar, sem ele o mesmo agoniza

Meu pensamento te materializa, faz a distância se pulverizar!

 

 

Digite aqui o seu email:

O Poeta do Amor FeedBurner


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!